sábado, 7 de maio de 2011

Meu primeiro Dia das Mães

A primeira visão que vou ter amanhã quando abrir os olhos é o rostinho magnífico de Maria Joana. Depois de trocarmos nosso radiante BOM DIA - eu, através das palavras e ela, através do sorriso -, juntas vamos comer, tomar banho, conversar bastante e ouvir um pouco de música. 

Enquanto arrumo sua bolsa para as visitas a cada avó, tenho a honra de ser admirada fielmente por dois olhinhos de amêndoa e um sorrisinho tão banguelo quanto lindo. E assim nossa cumplicidade se faz cada vez mais forte, seja numa "simples" troca de olhares ou no momento de maior paz do meu dia inteiro: a hora de dormirmos abraçadinhas. 

Nesse Dia das Mães, eu já tenho o maior presente que poderia ganhar. Sentir minha Maria no colo, olhar pra ela, ver seu sorriso, ouvir sua voz, sentir sua mãozinha alisando meu rosto - e até mesmo puxando meu cabelo com toda a força que ela se permite -, sentir seu cheiro irresistível e fazer as atividades que fazemos juntas todos os dias me dá a certeza de que, em meio aos dilemas e descobertas da vida, TUDO é mais intenso e encantador depois que eu abri as portas do meu coração para uma nova, eterna e arrebatadora paixão: a de ser mãe. 

Meus dias, minhas lágrimas, meus sorrisos... meu mundo, enfim, é muito mais lindo e todas as coisas são mais lindas porque Maria Joana faz parte de tudo. Meu Feliz Dia das Mães para todas aquelas que, como eu, tem a honra de dormir e acordar a cada dia com mais amor no peito e motivos de sobra pra rir à toa!! Ser mãe é muito bom... e ser mãe de Maria Joana é incrivelmente sensacional! 

Feliz Dia das Mães!! =)

Um comentário:

  1. Que foto linda, Pri! E parabéns - atrasado - pelo seu dia!!!!

    ResponderExcluir