sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Viva la playa!!!

Concentrada na arte de "areiar" o carrinho
Depois de passar mais de um ano sofrendo bullying por nunca ter levado Maria Joana à praia, finalmente decidi enfrentar meus medos e apresentá-la ao litoral aracajuano. 

Tinha medo de que ela tossisse muito com o vento da praia, de que a areia pudesse entrar em seus olhinhos ou de que um louco jogando vôlei pudesse esbarrar na minha pequena prendinha. Mas me convenci de que isso era superprotecionismo e acatei a sugestão da dinda Dí. 

Assim que ela apresentou uma melhora com relação à tosse, coloquei em Joanoca o maiô lilás cheio de babadinhos, as havaianinhas do tamanho de uma borracha, e carreguei os brinquedinhos de praia ainda inutilizados.


Um charme com o novo maiô lilás
Mas mãe é bicho besta, viu?! Medos ridículos! 

Maria Joana se jogou na areia e adorou a experiência!! Não queria mais saber de colo e nem do resto do mundo. 

Conversou bastante e achou engraçadíssimo o fato de a areia cair entre os dedos. 

Gostou tanto que depois abriu três berreiros o resto do dia: o primeiro para não ir embora, o segundo para não tirar o maiô e o terceiro quando finalmente chegou em casa. 

Mas o que importa é que assim como a mamãe e o papai, ela virou fã da praia e me disse que quer voltar mais vezes. Claro que, como diz meu sobrinho, na "língua dos bebês". 


Jogaaaada na areia!
Obs.: Não posso mentir para os fãs de Maria Joanoca. Não foi nessa experiência que ela conheceu o mar. A areia estava muito quente e mamãe estava com preguiça. Vai ficar para a próxima! =P

Um comentário:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkk!! Que coisa mais linda, Pilas! Deus benza esse tatuizinho! =)

    ResponderExcluir